Missões

Grupo missionário inicia atividades escolares na Africa

22/11/2013 17:38 - Atualizado em 22/11/2013 17:39

A Missão Internacional Ágape (MIA) tem atuado em Guiné-Bissau, na África, mantendo um templo que será construído e também um trabalho com crianças através de uma escola de educação infantil.

Entre os projetos da MIA está o trabalho “Pais Adotivos da Educação” que serve para financiar os estudos de 75 crianças.

Os pequenos estudam na escola NESHER, nome inspirado no voo alto da águia. “Penso que nossas crianças futuramente serão grandes líderes que irão mudar a história do Guiné-Bissau”, disse a missionária.

Os “Pais Adotivos de Educação” contribuem mensalmente com R$50 para cobrir os custos escolares. “O objetivo é conseguir uma mudança não somente social, mas espiritual, pois somos uma escola cristã.”

O programa enfrenta grandes desafios, a começar pelas greves de professores que recentemente participaram de uma mobilização nacional pelo pagamento de seus salários interrompendo as atividades escolares.

Outro desafio é conquistar mais ‘pais adotivos’ para que mais crianças possam estudar na NESHER e terem seus futuros mudados.

“Temos visto a mão do Senhor sobre nós. Sinto não poder atender mais crianças, porque não temos mais colaboradores. A cada dia recebo mais pedidos para vagas e estou tendo que dizer não, infelizmente”, lamenta Ana Maria.

Desafios na reforma do templo

A Missão Internacional Ágape também está empenhada em outro projeto que é a reforma da igreja. A reforma começou no início do ano e está sendo custeada pelos próprios membros.

Mas os valores arrecadados não foram suficientes para iniciar a construção de um muro para cercar o templo. A falta de cerco tem feito com que muitas pessoas invadam o terreno.

“A orientação veio da parte do Senhor: depois de dez dias de jejum e oração, conseguimos comprar com pouco dinheiro um bom material para fazer os pilares, mas ainda faltam recursos para levantar o muro”, disse.

Ore pela missionária Ana Maria

Ana Maria tem dedicado sua vida à Obra do Senhor, mas tem sofrido com um mal que assola a África: a malária.

A missionária adquiriu a doença pela quarta vez, uma enfermidade que mata 3 milhões de adultos por ano e uma criança a cada segundo.
Apesar das dores causadas pela malária, Ana Maria segue forte cuidando de todos os projetos da MIA. “Hoje acordei com um vazio no peito, pois estou com malária outra vez. A vida na África é assim mesmo!”, diz ela sem murmurar.

Para saber como ajudar os projetos entre em contato com a igreja Sara Nossa Terra pelo site www.saranossaterra.com.br.

Comentários

  1. hugo rocha disse:

    gostaria de receber fotos do projeto, das crianças e de Ana Maria. Meu objetivo é ajudar.

    • Palmira disse:

      Deus nos ajudou muito em todo o tempo de esniao e nos abene7oou no grande dia da gravae7e3o para comemorar os 24 anos de bene7e3os que este1 Igreja comemorou neste faltimo final de semana.Agradee7o a Deus por tudo, e parabenizo a todos que se emprenharam por este grande projeto que, com certeza, tocare1 o corae7e3o de muitas outras pessoas atrave9s dos louvores e da Palavra ministrada.

Deixe o seu comentário!

Todos os campos são obrigatórios.

LEIA TAMBÉM

  • Festa da Dedicação

    Do dia 20 a 27 deste mês, estamos celebrando a Festa...

  • Uma Espada, Uma Mão e Um Valente

    “ Estes são os nomes dos poderosos que Davi teve: Josebe-Bassebete,...

  • A Cruz Que Virou Púlpito

    Foram seis horas em que Jesus, fazendo da cruz um púlpito...

  • caminho

    O Caminho do Milagre

    Tudo na vida é o resultado de processo, de caminhada e...

  • Um Profeta,Uma Viúva e Um Punhado de Lenha

    Hoje quero prender minha atenção a pessoa desta viúva que morava...

  • Estrela de Davi x Hexagrama

    Muitos afirmam que a Estrela de Davi é um símbolo do...

  • Olhando para o Senhor

    O modo que Jesus olhava para as pessoas causava grande impressão...

  • O Perigo dos Ídolos

    Em nosso coração há um trono que só pode ser ocupado...

  • Festa dos Tabernáculos: Profetizando a Volta do Messias!