Rede de Homens

Discipulando Homens que Lideram suas Famílias

A autoridade sacerdotal do homem sobre o lar muitas vezes é derrubada em uma sociedade que negocia valores. Famílias são destruídas devido à ausência do papel masculino, considerado biblicamente como sacerdote e responsável pela “saúde” do lar.

Todos os âmbitos da sociedade têm colhido frutos da crise prolongada que caiu sobre o homem e o fez vítima, principalmente dentro dos lares, na frustração do dever exercido como pacificador, provedor e regulador disciplinar. O nocivo ambiente político que interfere na correção e exortação quando existe algo errado, é substituído pela omissão, comodismo e banalização da autoridade sacerdotal no lar.

O obreiro Edivaldo Luis, líder dos homens, tem buscado, através de cada uma das reuniões, a reconstituição do papel masculino na qualidade de discípulo de Cristo, pai, amigo e educador, resgatando em cada um dos homens de Sião a capacidade de assumir sua postura como líder, e ser referência na busca pela presença do Eterno, reabilitando em cada um destes e às suas famílias o papel de autoridade, não como ditador, mas como exemplo da vida de Jesus Cristo como pilar central do lar.