LardePaz

No Evangelho segundo Lucas em seu capítulo dez, encontramos Jesus, mais uma vez, separando 70 discípulos para irem às cidades pelas quais iria passar com o objetivo de curar enfermos, expulsar demônios e preparar o caminho. Jesus deu também a seguinte ordem: “Quando entrares numa casa declare: Paz seja nesta casa”. Vejamos o texto de Lucas 10:1-9

“E DEPOIS disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir. E dizia-lhes: Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara. Ide; eis que vos mando como cordeiros ao meio de lobos. Não leveis bolsa, nem alforje, nem alparcas; e a ninguém saudeis pelo caminho. E, em qualquer casa onde entrardes, dizei primeiro: Paz seja nesta casa. E, se ali houver algum filho de paz, repousará sobre ele a vossa paz; e, se não, voltará para vós. E ficai na mesma casa, comendo e bebendo do que eles tiverem, pois digno é o obreiro de seu salário. Não andeis de casa em casa. E, em qualquer cidade em que entrardes, e vos receberem, comei do que vos for oferecido. E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus.”

Estamos adotando esta estratégia usada pelo Mestre com objetivo de entrarmos nos lares dos não convertidos de nossa comunidade profetizando que a paz de Jesus restaurará a saúde dos lares bem como, libertará as famílias dos grilhões do diabo. Como funcionará o Lar de Paz?

1 – Primeiramente serão convocados e preparados aqueles que desejarem de coração sentirem o gozo da anunciação do Evangelho e conversão de almas;

2 – Todos participantes deverão ser batizados, terem passado pelo encontro com Deus e apresentarem Boca e Coração;

3 – Como Jesus adotou, serão enviados de dois em dois, podendo ser dupla homogênea ou casais casados;

4 – As lições, que são sete, serão repassadas em dias pré-estabelecidos e abordarão a oração do Pai nosso e sobre o sangue de Jesus Cristo;

5 As lições do Lar de Paz não devem passar de 15 minutos não devendo o trabalho ultrapassar a 30 minutos;

6 – A questão do horário e dia para inicio das reuniões deve ser vista com extrema responsabilidade, atraso e cancelamento devem ser evitados.

7 – Não podemos confundir Lar de Paz com a prática das células, núcleo, discipulado e paternidade. Lar de paz é um novo modo de cumprirmos o Ide de Jesus, anunciando o Evangelho e destruindo as obras do diabo.

8 – Antes de irmos às casas, devemos ter em mente que nada flui sem oração e interseção por isso, todo um preparo espiritual deve ser providenciado, desde oração no monte, oração na igreja antes da ida até a casa alvo e, antes de começar o trabalho, será de bom alvitre, dois dias antes, orar ao redor do quarteirão onde está localizada a casa.

9 – Os agentes de paz devem desenvolver o trabalho em plena harmonia entendendo a necessidade da visão de equipe. Passos a serem observados pelos agentes de paz: a) ministrar a lição um ao outro visando uma melhor ministração; b) Uma semana um ministra e na outra revezamento; c) Quando um estiver ministrando o outro deverá estar intercedendo; d) Ministrar ânimo um no outro; e) Orar um pelo outro; f) Com o andar do ministério, será também interessante realizarem um curso que ampliem o conhecimento bíblico, o CEPOM é uma opção.

10 Todo processo é composto de sete lições realizadas nos lares onde, por dois meses teremos o privilégio de entrarmos nos lares, e ali, oraremos, ministraremos o evangelho e profetizaremos a paz de Jesus;

11 – CULTO DA PAZ, entenda-se como culto da paz, o fechamento de todo o processo onde, após a última lição, convidaremos todas as famílias onde foram ministradas as lições e, na quarta feira realizamos o culto da paz onde o pastor do Ministério orará pelos líderes das famílias abençoando-os em nome de Jesus;

12 – O PORTA RETRATO – No culto da paz será entregue um calendário onde estará escrito: Minha casa é Um Lar de Paz, para que as autoridades da casa coloque uma foto da família.

13 O Encontro com Deus deve, quando surgir oportunidade, ser apresentado como instrumento de Deus para bênção da família;

14 Os agentes de paz receberão um boton identificando-os como autorizados a falar e ministrar Lar de Paz;

15 Os agentes de paz receberão unção e imposição de mãos do ministério em ato público autorizando-os a sair em nome da igreja;

16 – Depois de realizada toda a caminhada, se a família decidir continuar com uma reunião em sua casa pode-se abrir ali tanto uma célula como um núcleo;

17 A simplicidade atrai a honra e consolida a pregação. Que a oração de João Batista seja sempre ouvida nos corações dos agentes de paz: “importa que eu diminua e que Ele cresça” Jo 3:30